trote

logo-jbfm-rio-de-janeiro

7 de abril de 2017

Ministério Público Militar do Rio pede prisão de cabos que espancaram soldado em trote no ano passado

RIO - O promotor Jorge Augusto Lima Melgaço, do Ministério Público Militar do Rio, pediu a prisão preventiva de oito cabos da 27ª Brigada de Infantaria Paraquedista, identificados como os responsáveis pelo espancamento de um soldado da unidade, durante um trote aplicado em maio do ano passado. A vítima, que mora na Zona Norte do Rio, sofreu ferimentos graves e teve um dos testículos extraídos. O pedido do ... Saiba mais »

abril 07, 2017