ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Toffoli suspende ordem de busca e apreensão da PF no gabinete de Serra no Senado

BRASÍLIA – Mesa do Senado argumentou no Supremo que o parlamentar tem foro privilegiado e que só o STF poderia autorizar a ação. Serra é investigado por suspeita de caixa 2 em 2014.

Toffoli mantém inquérito sobre atos democráticos com Alexandre de Moraes

BRASÍLIA – Presidente do STF (foto) rejeitou recurso da defesa da extremista Sara Giromini que pretendia afastar Moraes da investigação.

Toffoli derruba censura ao especial de Natal do ‘Porta dos Fundos’

BRASÍLIA – O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, concedeu liminar à Netflix autorizando a volta da exibição do especial de Natal do ‘Porta dos Fundos’.

Toffoli dá prazo para ministro da Educação explicar ofensas à UNE

BRASÍLIA – O presidente do Supremo Tribunal Federal notificou o ministro da Educação, Abraham Weintraub, para que ele preste esclarecimentos sobre ofensas à UNE.

Toffoli vota por limitar compartilhamento de dados financeiros com MPF

BRASÍLIA – O Supremo Tribunal Federal retorma às 14h desta quinta-feira (21) a sessão que analisa se dados sigilosos  podem ser usados em  investigações sem autorização judicial.

Alexandre de Moraes manda suspender investigação da Receita envolvendo Gilmar Mendes e mulher de Toffoli

BRASÍLIA – O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, determinou a suspensão de uma investigação da Receita Federal sobre a movimentação financeira do ministro Gilmar Mendes, também do STF, e da advogada Roberta Rangel, mulher do presidente da Corte, Dias Toffoli.

Toffoli cassa liminar dele mesmo e determina que Petrobras abasteça navios do Irã

BRASÍLIA – O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, determinou que a Petrobras forneça combustível aos navios iranianos que estão parados, desde o início de junho, nas proximidades do Porto de Paranaguá, no Paraná.

Prisão em 2ª instância pode ser julgada durante ‘janela’ no segundo semestre, diz Toffoli

BRASÍLIA – O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, disse que há uma ‘janela’ no segundo semestre em que poderá ser julgada a validade das prisões após condenação em 2ª instância. Toffoli explicou que ainda não há uma data para o julgamento, mas admitiu que ele possa ocorrer a partir de agosto.