ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Defesa de Lula pede ao STF que anule condenação no caso do sítio de Atibaia

BRASÍLIA – A defesa de Lula pediu à Segunda Turma do STF que anule a condenação do ex-presidente imposta pelo TRF-4 no caso do sítio de Atibaia.

TRF-4 mantém condenação de Lula no caso do sítio de Atibaia e aumenta pena de 12 para 17 anos

PORTO ALEGRE – A 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região manteve, por unanimidade, a condenação de lula no caso de sítio de Atibaia e ainda aumentou a pena do ex-presidente de 12 anos e 11 meses de prisão, na primeira instância, para 17 anos, um mês e 10 dias, na segunda instância.

Fachin mantém julgamento de recurso contra condenação de Lula

BRASÍLIA – O relator da Lava-Jato no STF, Edson Fachin, rejeitou pedido da defesa de Lula para suspender o julgamento do recurso contra a condenação dele no caso do sítio de Atibaia.

TRF nega mais um pedido de Lula para afastar procurador do processo sobre o sítio de Atibaia

CURITIBA – O Tribunal Regional Federal da 4ª região (TRF-4) rejeitou, pela segunda vez, pedido da defesa de Lula para afastar o procurador Maurício Gotardo Gerum do processo contra o ex-presidente sobre o sítio de Atibaia, na operação Lava Jato, em segunda instância.

MP recomenda à justiça pena maior para Lula no caso do sítio de Atibaia

RIO – O Ministério Público Federal no Rio Grande do Sul (MPF/RS) entregou ao Tribunal Regional Federal da 4º Região (TRF-4) parecer que recomenda o aumento da pena de Lula na ação referente ao sítio de Atibaia, segunda condenação do ex-presidente na operação Lava Jato.

Processo sobre sítio de Atibaia, que pode manter Lula preso, chega à segunda instância

PORTO ALEGRE – O processo que investiga se o ex-presidente Lula foi beneficiado com reformas no sítio de Atibaia chegou ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que julga os casos de segunda instância da Operação Lava-Jato.

Novo juiz da Lava-Jato dá 8 dias para caso do sítio de Atibaia ir ao TRF-4 para julgamento

CURITIBA – O novo juiz da Lava-Jato em Curitiba, Luiz Antonio Bonat, da 13ª Vara Federal em Curitiba, deu prazo de oito dias para que as defesas do caso relativo ao sítio de Atibaia envolvendo Lula se manifestem, e também para que o processo seja enviado ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região para julgamento em segunda instância.