Ex-médico Roger Abdelmassih perde o direito à prisão domiciliar e volta para cadeia

SÃO PAULO – A Justiça de São Paulo suspendeu a prisão domiciliar de Roger Abdelmassih por suspeita de fraude nas declarações sobre o estado de saúde do ex-médico.

Aos 75 anos de idade, ele estava preso na penitenciária de Tremembé, onde teria, deliberadamente, agravado a própria situação clínica para ganhar o direito de cumprir pena em casa.

Roger Abdelmassih foi preso no apartamento dele, no bairro nobre dos Jardins, de onde foi levado para Hospital Penitenciário de Santana, na Zona Norte de São Paulo.

O ex-médico foi condenado a 181 anos de cadeia por estupro de 37 pacientes da clínica de reprodução assistida que ele comandava, na capital paulista.

Senador em prisão domiciliar recebe autorização para passar férias no Caribe

BRASÍLIA – A Justiça do Distrito Federal autorizou o senador Acir Gurgacz (PDT-RO), que cumpre pena em regime aberto e dá expediente no Congresso, a passar férias em um resort no Caribe.

A medida, que também recebeu parecer favorável do Ministério Público do Distrito Federal, tem o poder de suspender temporariamente a execução da pena aplicada ao político durante o período em que ele estiver fora do país.

A viagem está prevista para ocorrer de 17 de julho a 3 de agosto. Acir Gurgacz foi condenado, em outubro do ano passado, a 4 anos e 6 meses de prisão por crimes contra o sistema financeiro.