ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Quadrilha lucrava até 2.000% com desmanche de carros roubados no Rio

RIO – Estimativas da polícia apontam que a quadrilha de desmanche de carros, alvo da Operação Lego, desencadeada nesta terça-feira (6), lucrava até 2.000% com a venda de cada veículo.

De acordo com as investigações, os criminosos arrematavam em leilões automóveis praticamente destruídos por cerca de R$ 4 mil e revendiam por até R$ 80 mil.