Márcia Peltier conversa com a empresária, especialista em Live Marketing e escritora Tatyane Luncah

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM traz, na semana entre 15 e 21 de julho, a empresária, especialista em Live Marketing e escritora Tatyane Luncah.

Ela é uma das autoras do livro “Mulheres do Marketing”.

Tatyane também é fundadora e CEO da agência Grupo Projeto. Em 2016 foi indicada como uma das profissionais mais influentes do Live Marketing pelo Promoview.

Além de empreendedora, participa do programa de mentoria “Winning Women Brasil” da EY e integra o Comitê Vozes do Empreendedorismo no grupo Mulheres do Brasil. Comanda o Canal Dicas Inspiradoras no Youtube e é articulista da Revista Empreenda. É autora de outros dois livros: “Dicas de Mulheres Inspiradoras” e “Empreendedoras de Alta Performance”.

Durante a conversa com Márcia Peltier, ela conta qual a proposta do livro ‘’Mulheres do Marketing’’, explica o que é o “live marketing”, fala sobre empreendedorismo feminino, comenta a relação atual entre homens e mulheres que empreendem e diz quem são suas “mulheres inspiradoras”.

Você não pode perder Tatyane Luncah no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99,9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e às 18h.

 

(15/07) – Qual a proposta do livro “Mulheres do Marketing”?

(16/07) – Por que poucas mulher conseguem chegar ao topo?

(17/07) – Existem muitas mulheres empresárias no Brasil?

Márcia Peltier conversa com o jornalista, poeta e escritor Fabrício Carpinejar

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM traz, na semana entre 8 e 14 de julho, a conversa com o jornalista, poeta e escritor Fabrício Carpinejar, que lançou este ano um novo livro: “Minha Esposa tem a Senha do Meu Celular”.

Fabrício tem 23 livros publicados e já ganhou o prêmio Jabuti de Literatura.

Durante a conversa com Márcia Peltier, ele explica a proposta do livro, fala sobre lealdade e privacidade em tempos de internet, aborda temas como amor, romantismo, relacionamento, infidelidade virtual e discute se o celular pode ou não “ter vida própria”.

Você não pode perder Fabrício Carpinejar no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99,9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e às 18h.

 

(08/07) – Adorei o título do seu livro: “Minha esposa tem a senha do meu celular”. O que você quer dizer com isso?

(09/07) – Quando a pessoa deixa tudo aberto, é um sinal de muita confiança, né?

(10/07) – Como a mulher ou o homem descobre que aquele amor é fake?

(11/07) – O celular hoje tem vida própria?

(12/07) – Como fica a questão da individualidade e da privacidade?

(13/07) – Você valoriza o contato humano e as pessoas usam o aparelho celular como um escudo para não ter esse contato humano, né?

(14/07) – “Açougue das fotos, fast-food da carne”… Isso tudo você diz no seu livro. Não está uma coisa um pouco exagerada?

Márcia Peltier conversa com um dos maiores especialistas em depressão, o Dr. Leandro Teles

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM traz, na semana entre 01 e 07 de julho, a conversa com o Dr. Leandro Teles, um dos maiores especialistas num tema que preocupa muita gente: a depressão.

Ele lançou este ano o livro “Depressão Não é Fraqueza”, onde investiga esta doença que atinge 5% dos brasileiros.

Leandro Teles é médico neurologista formado em Medicina na USP e com Especialização em Neurologia Clínica também pela Universidade de São Paulo.

Atuou ainda como instrutor do curso de Medicina da USP. Integra a Academia Brasileira de Neurologia (ABN). É colunista do programa “Mulheres”, da TV Gazeta.

Escreveu outros dois livros: “Antes que Eu me Esqueça”’ e “O Cérebro Ansioso”, pela Editora Alaúde.

Durante a conversa com Márcia Peltier, ele explica a proposta do livro, revela o que é depressão, qual a diferença entre depressão e tristeza, como detectar a depressão, quais os sintomas e as formas mais adequadas de tratamento.

Você não pode perder Leandro Teles no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99,9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e às 18h.

 

(01/07) – Qual a proposta do livro “Depressão não é fraqueza”?

(02/07) – Qual a diferença entre depressão e depressão-doença?

(03/07) – É verdade que 5% da população brasileira tem, atualmente, depressão?

(04/07) – A depressão é um problema de saúde pública?

(05/07) – O tratamento para depressão deve combinar medicamentos e terapia?

(06/07) – Acho que uma das dificuldades é não só a pessoa entender que ela está com depressão e também que a família e os amigos entendam que aquilo é uma depressão.

(07/07) – A depressão atinge muito a terceira idade?

Márcia Peltier conversa com a atriz e humorista Heloísa Perissé

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM traz, na semana entre 24 e 30 de junho, a conversa com uma das mais queridas e talentosas artistas brasileiras: a atriz e humorista Heloísa Perissé.

Ela está em cartaz com a peça “Loloucas”, escrita por ela mesma, que fica em São Paulo até o dia 29 de junho. Depois, o espetáculo segue para uma turnê em várias cidades do país.

Heloísa é uma artista consagrada, com várias atuações de sucesso em novelas, filmes e programas humorísticos como ”Zorra Total” e “Escolinha do Professor Raimundo”, onde interpretou a inesquecível ”Tati”.

Durante a conversa com Márcia Peltier, ela fala sobre a proposta da peça ”Loloucas”, conta como foi trabalhar em humorísticos ao lado do mestre Chico Anysio, relembra a ”Tati”, fala como é ter uma filha também atriz, revela que faz meditação e aborda a importância da espiritualidade em sua vida.

Você não pode perder Heloísa Perissé no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99,9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e às 18h.

 

(24/jun) – Qual a proposta da peça “Loloucas”, em cartaz em São Paulo?

(25/jun) – Você considera a peça “Loloucas”, que você escreveu, uma obra autobiográfica?

(26/jun) – Um de seus personagens de maior sucesso foi a Tati, na Escolinha do Professor Raimundo. Relembra pra gente como era.

(27/jun) – Como foi trabalhar com o mestre Chico Anysio?

(28/jun) – A sua filha Luísa estreou este ano no Zorra Total. Como é ter uma filha atriz e trabalhando no mesmo programa que você já trabalhou?

(29/jun) – Você faz meditação para relaxar do estresse do dia-a-dia?

(30/jun) – Como você trabalha a sua espiritualidade dentro da sua profissão de atriz?

Márcia Peltier conversa com o publicitário, professor e escritor Henrique Szklo

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM traz, na semana entre 17 e 23 de junho, a conversa com um especialista em criatividade: o professor e escritor Henrique Szklo.

Ele é coordenador do curso de Criatividade da Escola Panamericana de Arte, em São Paulo. É sócio da Escola Nômade para Mentes Criativas, também na capital paulista.

Henrique é formado em Publicidade e Propaganda pela FAAP-SP e durante quase 20 anos atuou como redator e diretor de criação.

Hoje é estudioso da criatividade e do comportamento humano, tendo desenvolvido a teoria da “NeuroCriatividade Subversiva’’.

Tem 8 livros publicados, entre eles “Você é Criativo Sim Senhor’’ e “O Grande Milk Shake e os Canudinhos Mentais’’.

Durante a conversa com Márcia Peltier, ele explica o que é a criatividade, responde se a criatividade é um dom ou não, fala se é possível desenvolver a criatividade, esclarece o que é “NeuroCriatividade Subversiva’’, comenta a proposta da Escola Nômade para Mentes Criativas e explica o que são os “canudinhos mentais” que estão no título de um de seus livros.

Você não pode perder Henrique Szklo no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99,9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e às 18h.

 

(17/jun) – O que é a criatividade?

(18/jun) – A criatividade é um dom ou pode ser desenvolvida?

(19/jun) – Você criou o conceito de “Neuro´Criatividade Subversiva”. O que é isso?

(20/jun) – Você acha que é preciso pensar fora da caixa?

(21/jun) – Você é autor de 8 livros, entre eles: “O grande milk-shake” e “Os canudinhos mentais”. O que são os canudinhos mentais?

(22/jun) – Outro livro seu se chama: “Você é criativo, sim, senhor!”. Todo mundo tem alguma criatividade?

(23/jun) – Você também é um dos criadores da Escola Nômade para Mentes Criativas.  Qual é a proposta da escola?

Márcia Peltier conversa com a fundadora do Projeto Pró Criança Cardíaca, Dra. Rosa Célia Pimentel

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM traz, na semana entre 10 e 16 de junho, a conversa com uma das mais respeitadas médicas do país, a Drª. Rosa Célia Pimentel, fundadora do Projeto Pro Criança Cardíaca.

Ela acaba de receber o recebe o Prêmio Hospitalar 2019, considerada a mais importante premiação de saúde das Américas, na categoria “Personalidade do Ano na Área da Saúde”.

Este prêmio já foi concedido a nomes como: Adib Jatene, Ivo Pitanguy, Zilda Arns, Dráuzio Varella e Paulo Niemeyer Filho.

A Drª. Rosa Célia é uma das mais conceituadas cardiologistas pediátricas do Brasil. 

Ao longo de 22 anos de atuação na cidade do Rio de Janeiro, o Pró Criança Cardíaca atendeu mais de 15 mil crianças cardíacas carentes, realizou 29 mil atendimentos ambulatoriais e 1,5 mil procedimentos invasivos (cirurgias cardíacas e cateterismos diagnósticos e terapêuticos). 

Durante a conversa com Márcia Peltier, ela fala da importância do prêmio, do projeto Pró Criança Cardíaca, fala como é atender crianças cardiopatas, como é lidar com os pais destas crianças e relembra o início de sua vida, onde dormia na clínica onde trabalhava como enfermeira para poder estudar medicina.

Você não pode perder Rosa Célia Pimentel no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99,9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e às 18h.

 

(10/jun) – Qual foi a importância de você ganhar o prêmio de Personalidade do Ano na Área de Saúde das Américas?

(11/jun) – Para cursar medicina, você foi secretária, professora do jardim da infância… Você fez muito esforço para chegar lá?

(12/jun) – Quando começou a idealização de criar o Pró-Criança Cardíaco?

(13/jun) – Você fundou também o Hospital Pediátrico Juta Batista. Nestes anos todos de atuação, foram mais de 15 mil crianças atendidas?

(14/jun) – Quais são os sintomas de uma criança com cardiopatia?

(15/jun) – Você atende crianças carentes e, às vezes, é difícil o pai e a mãe entenderem que elas precisam de uma cirurgia. Como você lida com isso?

(16/jun) – Você foi para a Inglaterra fazer um curso com a Drª Jane Somerville, mas você não falava inglês e teve que aprender o idioma para poder ir. Como foi isso?

Márcia Peltier conversa com o humorista, diretor e roteirista Claudio Manoel

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM traz, na semana entre 3 e 9 de junho, o papo com um dos maiores nomes do humor nacional: o humorista, diretor e roteirista Claudio Manoel, do grupo Casseta e Planeta.

Ele é um dos diretores do documentário “Rindo à Toa: Humor Sem Limites”, que acabou de entrar em cartaz nos cinemas. Feito a “seis mãos” com os também diretores Álvaro Campos e Alê Braga, o filme busca contar o estilo de comédia praticada no Brasil a partir da reabertura política em 1988, como o chamado “teatro besteirol”, as publicações  “Planeta Diário” e “Casseta Popular”, bandas como  “Blitz” e “Premeditando o Breque” e  programas de TV como  “Armação Ilimitada”, “TV Pirata” e “Casseta & Planeta”.

Claudio também dirigiu  outro documentário: “Simonal: Ninguém Sabe o Duro que Dei”, lançado em 2009, sobre a vida do cantor Wilson Simonal.

Foi roteirista de programas de sucesso na TV brasileira, como ‘’TV Pirata ‘’ e ‘’Casseta e Planeta’’, onde também interpretou dois personagens inesquecíveis, “Seu Creysson” e “Maçaranduba”.

Durante a conversa com Márcia Peltier, ele fala sobre a proposta do filme, relembra seus personagens de sucesso, do humor de vanguarda do grupo “Casseta e Planeta” e fala como é fazer humor em tempos do “politicamente correto”.

Você não pode perder Claudio Manoel no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99,9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e às 18h.

 

(03/06) – Você é um dos diretores do documentário “Rindo à toa sem limites”. Eu queria que você falasse um pouquinho da proposta do filme.

(04/06) – Você acha que o politicamente correto travou o humor?

(05/06) – Como foi a trajetória do programa Casseta & Planeta, que ficou 20 anos no ar?

(06/06) – O que você acha da comparação entre o humor do passado e o de hoje?

(07/06) – Como é a interação hoje do humorista com o público?

(08/06) – Os humoristas tinham algo comum na época do regime militar?

(09/06) – Um personagem seu de muito sucesso na TV foi o Seu Creysson… 

Márcia Peltier conversa com o especialista em marketing e consultor em treinamento e educação profissional Fred Daher

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM traz, na semana entre 27 de maio e 02 de junho, a conversa com o especialista em marketing e consultor em treinamento e educação profissional, Fred Daher.

Ele é Gerente de Recrutamento do grupo Amerigo Education no Brasil.

Tem mais de 15 anos de experiência em gestão comercial de redes, produtos e serviços em empresas como Kroton Educacional, Anhanguera Educacional, EF, American Express e TAM.

Possui Pós-Graduação em Marketing pelo SENAC/SP.

Durante a conversa com Márcia Peltier, ele fala sobre quais competências as pessoas precisam desenvolver no mundo moderno do trabalho, o que é vocação, como encontrar sua verdadeira vocação, comenta se a Inteligência Artificial e os robôs vão substituir completamente os seres humanos e conta a história do jovem que foi selecionado para trabalhar como consultor numa multinacional porque sabia.tocar  violino!

Você não pode perder Fred Daher no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99,9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e às 18h.


(27/mai) – Quais são as principais competências para um profissional de sucesso nesse mundo digital de hoje?

(28/mai) – Como a inteligência artificial vai impactar o chamado “mundo do trabalho”?

(29/mai) – Tem a história de uma pessoa que foi contratada porque tocava violino?

(30/mai) – Quando você falou nos EUA, você disse que lá os trabalhos manuais são valorizados. Em que ponto isso interessa para uma corporação? 

(31/mai) – É importante encontrar sua verdadeira vocação num mercado de trabalho altamente competitivo?

(01/jun) – Sem a vocação certa não se desenvolve uma carreira?

(02/jun) – O Brasil já está entendendo que tem que ter um currículo escolar abrangente, do ponto de vista da criatividade das artes?

Márcia Peltier conversa com a psicóloga, professora e escritora Belinda Mandelbaum

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM  traz, na semana entre 20 e 26 de maio, a conversa com uma especialista no tema ‘’família’’: a psicóloga, professora e escritora Belinda Mandelbaum.

Belinda é professora associada do Instituto de Psicologia da USP, onde coordena o Laboratório de Estudos da Família (LEFAM).

Criou e supervisiona o Serviço de Atendimento a Famílias e Casais do IP-USP.

Escreveu os livros ‘’Psicanálise da Família’’ e ‘’Trabalhos com Famílias em Psicologia Social’’, além de ser autora de diversos capítulos em coletâneas e artigos em revistas nacionais e internacionais.

É professora e palestrante da Casa do Saber em São Paulo

Durante a conversa com Márcia Peltier, ela fala sobre a história da família, dos modelos de famílias, das mudanças nas relações familiares ao longo dos séculos, de como a entrada da mulher no mercado de trabalho modificou estas relações e comenta ainda que mudanças isso provocou também nos homens.

Você não pode perder Belinda Mandelbaum no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99.9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e 18h.

 

(20/mai) – O que você abordou no curso “uma história da família e das relações entre os séculos”, na Casa do Saber, em São Paulo?

(21/mai) – Quais as principais mudanças que ocorreram com as famílias ao longo dos séculos?

(22/mai) – Você acredita que a grande mudança no papel das mulheres se deveu à Segunda Guerra Mundial, onde as mulheres tiveram que assumir papéis masculinos no comércio e na indústria, porque os homens estavam na guerra?

(23/mai) – Essas mudanças na família provocaram a fragilização do homem?

(24/mai) – Como é a família, hoje, no séc. XXI?

(25/mai) – Quais são os sintomas que aparecem quando uma família está doente?

(26/mai) – Você criou o Serviço de Atendimento a Famílias e Casais, no Instituto de Psicologia da USP. Quais os principais problemas que são levados até você?

Márcia Peltier conversa com a Monja Coen

O Programa Márcia Peltier Entrevista na rádio JB FM  traz, na semana entre 13 e 19 de maio, a conversa com uma das maiores representantes do zen-budismo no país: a Monja Coen.

Ela lançou recentemente o livro ‘’Verdade?’’, no qual analisa provérbios populares no Brasil e seus significados.

A Monja Coen é fundadora da Comunidade Zen Budista do Brasil, criada em 2001, com sede em São Paulo.

Morou por 8 anos no mosteiro feminino de Nagoia, no Japão, onde graduou-se como monja especial, habilitada a ministrar aulas de budismo para monges e leigos. Serviu 6 anos como missionária no Templo Busshinji, no bairro da Liberdade, em São Paulo. É palestrante   em empresas, universidades e escolas pelo Brasil.

Durante a conversa com Márcia Peltier, ela fala sobre a proposta do livro, conta como descobriu o zen-budismo e como migrou do catolicismo para esta nova religião, fala das linhas do budismo e dá dicas para quem quer começar a praticar a meditação.

Você não pode perder a Monja Coen no Márcia Peltier Entrevista, na rádio JB FM (99.9), em duas edições: de segunda à sexta, às 7h50 e às 18h15, dentro do Painel JB. E aos sábados e domingos, às 10h e 18h.

 

(13/mai) – Por que o seu livro tem esse título “Verdade?”?

(14/mai) – Vinda de uma família católica, como foi a decisão de tornar-se budista?

(15/mai) – Quando a gente fala em budismo, a gente fala como religião?

(16/mai) – Quais as principais correntes do budismo?

(17/mai) – Qual é a recomendação para quem quer começar a meditar?

(18/mai) – Como o zen budismo vê a reencarnação?

(19/mai) – Dentro do budismo cada um tem uma missão na vida?