ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

IBGE vai contratar mais temporários para o Censo 2020

BRASÍLIA – O IBGE abriu inscrições para um  processo seletivo simplificado destinado à  contratação temporária de mais  2.658 pessoas que vão trabalhar no  Censo Demográfico 2020.  A seleção está sendo feita pela Fundação Getulio Vargas e ficará aberta até as 16h do dia 15 de outubro.

Processo seletivo para o Censo 2020 do IBGE tem 25.787 inscritos

RIO – O processo seletivo simplificado para analista censitário do IBGE homologou nesta quarta-feira (21) 25.787 inscrições. São, ao todo, 400 vagas para serviço temporário, distribuídas em 20 carreiras de nível superior, para todas as unidades da federação.

Censo deve deixar de coletar informações sobre posse de bens, como automóvel e computador

BRASÍLIA – O Censo 2020 deve deixar de coletar informações sobre posse de bens, como automóvel, motocicleta e computador, além da rede de ensino cursada pela população. Os entrevistados também não irão mais responder sobre o valor do aluguel pago. Os questionários a serem usados no Censo Experimental foram divulgados pelo IBGE.

Quinto gestor do IBGE entrega o cargo por discordar da condução do Censo 2020

RIO – Mais um gestor do IBGE entregou o cargo por discordar da condução do Censo 2020 pela nova presidente do instituto, Susana Cordeiro Guerra. Desta vez, foi José Guedes, gerente da Coordenação de Métodos e Qualidade, na área de Metadados.

Censo 2020 do IBGE terá um total de 76 perguntas

BRASÍLIA – O diretor de pesquisas do IBGE, Eduardo Rios Neto, voltou a incluir seis perguntas do censo demográfico que haviam sido excluídas do questionário. Quatro delas são a respeito do deslocamento para o trabalho. O corte havia sido alvo de críticas do corpo técnico do instituto. Segundo técnicos, o tema é importante para que sejam mantidos investimentos e políticas públicas de mobilidade urbana.

IBGE demite dois diretores em meio a debate sobre corte de verbas para o Censo de 2020

RASÍLIA – A presidente do IBGE, Susana Cordeiro Guerra, exonerou o diretor de pesquisas do instituto. Cláudio Crespo era um dos principais técnicos contrários ao corte de verbas do Censo 2020 determinado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.