03 de dezembro de 2018

A gente sempre pode contar com os Três Poderes para piorar o que já está ruim

A gente sempre pode contar com os Três Poderes para piorar o que já está ruim

O presidente Temer aprovou o aumento de salário do STF. E o STF aprovou o indulto de Natal do presidente Temer. Entre o aumento de salário e o indulto de Natal houve um espaço de apenas dois dias.

O novo salário do Judiciário vai custar 4 bilhões a mais nas contas públicas, que são pagas pelos contribuintes. E o indulto do Executivo vai beneficiar milhares de criminosos, incluindo os corruptos da Lava Jato.

Tudo isso já é lamentável, mas a gente sempre pode contar com os Três Poderes para piorar muito o que já está muito ruim. Não querendo ficar de fora da farra, o Legislativo também está prestes a aprovar uma apunhalada nas costas dos cidadãos de bem.

Já passou na Câmara, e deve passar no Senado, um projeto de fuzilamento e esquartejamento da Lei de Responsabilidade das Estatais. O projeto proibia que políticos, parentes e dirigentes partidários fossem nomeados para presidência, diretorias e cargos em conselhos de empresas públicas. Mas, na tramitação, deputados retiraram as proibições e liberaram geral, contando em breve com a cumplicidade dos senadores.

Por trás dessa manobra, existem alguns perigos reais e imediatos. Primeiro, ela tenta arrombar as portas que a lei e a Lava Jato pretendiam fechar. Segundo, ela busca ampliar o número de vagas e cargos para políticos que não se reelegeram, ou seja, foram reprovados nas urnas. Terceiro, ela mostra um certo grau de petulância da velha política e da velhacaria política, que ainda fingem não entender o grande recado das duas últimas eleições.

Daí que não podemos mais voltar aos tempos em que os bandidos fazem as leis e os mocinhos é que vão para a cadeia.