ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Witzel agora diz que militares erraram ao fuzilar carro de família

11 de abril de 2019

Witzel agora diz que militares erraram ao fuzilar carro de família

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

RIO – O governador do Rio, Wilson Witzel, disse que os militares do Exército acusados de fuzilar um carro com mais de 80 tiros e de matar uma pessoa em Guadalupe agiram de forma incompetente e inapropriada.

 Para Witzel, os militares erraram muito. Além da morte do músico Evaldo dos Santos Rosa, de 51 anos, a ação deixou feridos o sogro dele, Sérgio Araújo, que estava no banco do carona, e um pedestre que tentou ajudar a família.

Para o governador, o caso mostra que os protocolos de patrulhamento do Exército precisam ser modificados. Witzel destacou que os jovens conscritos não têm a experiência dos Policiais Militares.

Na segunda-feira (8), o governador havia se esquivado de comentar o caso, ao dizer que não cabia a ele fazer juízo de valor, nem tecer crítica a respeito dos fatos. Ao negar que tenha ignorado o incidente, Witzel explicou que só estava aguardando que a Justiça Militar se manifestasse.