ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Vigilância Sanitária do Rio começa ações para coibir o uso de canudo de plástico na cidade

19 de julho de 2018

Vigilância Sanitária do Rio começa ações para coibir o uso de canudo de plástico na cidade

RIO – Fiscais da Vigilância Sanitária do Rio vão começar a fazer hoje (19) fiscalizações em estabelecimentos comerciais para coibir o uso de canudos de plásticos. Já está em vigor uma lei municipal que só permite o uso de canudo de papel biodegradável ou reciclável. O alvo dos fiscais, neste primeiro dia, serão bares, restaurantes, lanchonetes e

Apenas os canudos de papel biodegradável ou recicláveis são permitidos. Reprodução Wikicommons

RIO – Fiscais da Vigilância Sanitária do Rio vão começar a fazer hoje (19) fiscalizações em estabelecimentos comerciais para coibir o uso de canudos de plásticos. Já está em vigor uma lei municipal que só permite o uso de canudo de papel biodegradável ou reciclável. O alvo dos fiscais, neste primeiro dia, serão bares, restaurantes, lanchonetes e padarias.

Segundo a subsecretária em Vigilância Sanitária do Rio, Márcia Rolim, neste primeiro momento os fiscais darão orientações sobre a lei. O estabelecimento terá 60 dias para deixar de fornecer o canudo de plástico e, só a partir desse prazo, é que poderá ser multado.

Para estabelecimentos fixos, a multa será a partir de R$ 1.600 e para ambulantes, R$ 655.

O Rio é a primeira cidade do Brasil a banir o uso do canudo de plástico.