ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Vaticano modifica Catecismo e declara inadmissível a pena de morte

2 de agosto de 2018

Vaticano modifica Catecismo e declara inadmissível a pena de morte

RIO – O Vaticano aprova mudanças no catecismo e passa a considerar a pena de morte inadmissível em quaisquer circunstâncias. A reforma aprovada pelo Papa Francisco declara a igreja católica comprometida com o fim da pena capital, até agora, aceita em casos raros. A nova redação do catecismo que rejeita a execução de criminosos foi divulgada nesta quinta-feira

Agência Brasil

RIO – O Vaticano aprova mudanças no catecismo e passa a considerar a pena de morte inadmissível em quaisquer circunstâncias. A reforma aprovada pelo Papa Francisco declara a igreja católica comprometida com o fim da pena capital, até agora, aceita em casos raros. A nova redação do catecismo que rejeita a execução de criminosos foi divulgada nesta quinta-feira.

O texto apoia sistemas de detenção mais eficazes, que garantem a indispensável defesa dos cidadãos, sem tirar, definitivamente, a possibilidade de que o réu possa se redimir. A pena de morte já foi abolida em 142 países, mas ainda é prevista na China, Irã, Arábia Saudita, Iraque e Paquistão.

No ano passado, ela voltou a ser aplicada no Bahrein, Kuwait, Emirados Árabes Unidos e Jordânia. Neste ano, o governo da índia aprovou emenda, condenando à morte os culpados de estupros de menores de 12 anos.