ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > TSE rejeita ação da coligação de Bolsonaro contra Haddad por show de Roger Waters

13 de dezembro de 2018

TSE rejeita ação da coligação de Bolsonaro contra Haddad por show de Roger Waters

BRASÍLIA – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou, por unanimidade, a ação proposta pela coligação do então candidato a presidente, Jair Bolsonaro, que pedia a inelegibilidade do adversário, Fernando Haddad (PT), em razão do show do cantor inglês Roger Waters no Brasil.

A coligação de Bolsonaro sustenta

O baixista da extinta banda Pink Floyd projetou no telão a mensagem “#EleNão”. Reprodução redes sociais

BRASÍLIA – O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) rejeitou, por unanimidade, a ação proposta pela coligação do então candidato a presidente, Jair Bolsonaro, que pedia a inelegibilidade do adversário, Fernando Haddad (PT), em razão do show do cantor inglês Roger Waters no Brasil.

A coligação de Bolsonaro sustentava que houve propaganda irregular em favor do petista durante os shows. No espetáculo, em São Paulo, o baixista da extinta banda Pink Floyd projetou no telão a mensagem “#EleNão”, sugerindo a rejeição a Bolsonaro.

O ministro Jorge Mussi, relator da ação, considerou que não houve abuso de poder econômico nesse caso. O voto de Mussi foi acompanhado pelos outros seis ministros do TSE.