ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Trump ataca Maduro, China e Irã em discurso na ONU

24 de setembro de 2019

Trump ataca Maduro, China e Irã em discurso na ONU

NOVA YORK – O presidente dos Estados Unidos discursou nesta terça-feira (24) na Assembleia-Geral da ONU, em Nova York, logo depois de Jair Bolsonaro, que fez o pronunciamento de abertura. Trump chamou de ditador o presidente da Venezuela, disse que Nicolás Maduro é um fantoche de Cuba e acrescentou que os Estados Unidos não reconhecem mais a autoridade do venezuelano.

Foto: Agência Brasil

NOVA YORK – O presidente dos Estados Unidos discursou nesta terça-feira (24) na Assembleia-Geral da ONU, em Nova York, logo depois de Jair Bolsonaro, que fez o pronunciamento de abertura. Trump chamou de ditador o presidente da Venezuela, disse que Nicolás Maduro é um fantoche de Cuba e acrescentou que os Estados Unidos não reconhecem mais a autoridade do venezuelano.

A China foi outro alvo de ataques. Donald Trump acusou os chineses de montarem barreiras comerciais, de subsidiarem fortemente a indústria e de praticarem dumping, que é a venda de produtos abaixo do custo para ganhar mercado. Ele também acusou a China de roubar propriedade intelectual e segredos de comércio em grande escala.

Segundo Trump, 60 mil fábricas nos Estados Unidos fecharam as portas desde que os chineses foram admitidos na Organização Mundial do Comércio. Por fim, o presidente americano acusou o Irã de patrocinar o terrorismo e incentivar guerras na Síria e no Iêmen.