ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > TJ suspende júri de acusados de participar de morte de cinegrafista da TV Bandeirantes em 2014 no Rio

24 de julho de 2019

TJ suspende júri de acusados de participar de morte de cinegrafista da TV Bandeirantes em 2014 no Rio

Santiago foi atingido por um rojão quando registrava um confronto entre manifestantes e policiais durante um protesto em 2014 em frente à estação Central do Brasil. Reprodução Band

RIO – O Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) suspendeu o júri popular dos acusados de matar o cinegrafista da TV Bandeirantes, Santiago Andrade, em fevereiro de 2014.  A defesa do réu Caio Silva de Souza obteve habeas corpus e conseguiu suspender a realização do julgamento que estava marcado para amanhã (25) na 3º Vara Criminal da Capital.

Caio e Fábio Raposo Barbosa respondem pelos crimes de explosão e homicídio doloso qualificado cometidos contra o repórter cinematográfico da TV Bandeirantes.

Com a decisão, o júri popular de Caio Silva e Fábio Barbosa fica suspenso até que o mérito do habeas corpus seja julgado.

Santiago foi atingido por um rojão quando registrava um confronto entre manifestantes e policiais durante um protesto em frente à estação Central do Brasil.