Tenente-coronel condenado pelo assassinato da juíza Patrícia Acioli é expulso da PM

A juíza Patrícia Acioli foi assassinada em agosto de 2011. Reprodução internet

RIO – Foi expulso da Polícia Militar do Rio o tenente-coronel Cláudio Luiz Silva de Oliveira, condenado por ser o mandante do assassinato da juíza Patrícia Acioli. O crime aconteceu em agosto de 2011, e o oficial foi preso um mês depois. Em dezembro de 2013, Cláudio Luiz foi condenado a 36 anos de prisão por ser o mandante do crime, e a sentença foi mantida em segunda instância, três anos depois.

A decisão pela expulsão da PM foi tomada por unanimidade pelos desembargadores da 4ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio.

Cláudio Luiz Silva de Oliveira já esteve em várias unidades prisionais do país e atualmente está na Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte.