ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Temporal em Petrópolis foi o maior da história da cidade

17 de fevereiro de 2022

Temporal em Petrópolis foi o maior da história da cidade

PETRÓPOLIS – Número de mortos já passa de 100.

Divulgação CBMRJ

PETRÓPOLIS – O número de mortos em Petrópolis após o temporal de terça-feira (15) chegou a 104 hoje (17) pela manhã. O Instituto Médico Legal (IML) informou que desse total, 13 são de menores de idade. Segundo a Secretaria Estadual de Defesa Civil, 24 pessoas foram resgatadas com vida até o momento. O Corpo de Bombeiros ainda não sabe o número de desaparecidos, mas o cadastro do Ministério Público do Rio de Janeiro indica que pelo menos 42 pessoas estão sendo procuradas por parentes e amigos. Os militares seguem trabalhando nos escombros.

A forte chuva de terça-feira (15) em Petrópolis causou mais de 170 pontos de deslizamento. A situação mais crítica é no Morro da Oficina, onde parte da encosta foi abaixo e atingiu pelo menos 80 casas.

Esse temporal em Petrópolis é o maior registrado na história da cidade que fica na região serrana do Rio. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o volume de chuva que caiu em 24 horas no município é o maior registrado em Petrópolis desde o início das medições, em 1932. Em apenas seis horas foram registrados 260 milímetros de chuva, sendo que a maior parte, 230 milímetros, em três horas. Isso era o esperado para o mês inteiro na cidade.

De acordo com o coordenador do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais, Marcelo Seluchi, Petrópolis sofreu um evento climático extremo conhecido como Supercélula, um dos fenômenos mais difíceis de se prever.