ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Suspeito de hackear Moro diz que viu mensagem interceptada no celular de um amigo

24 de julho de 2019

Suspeito de hackear Moro diz que viu mensagem interceptada no celular de um amigo

BRASILIA – Gustavo Elias Santos, um dos suspeitos de terem hackeado conversas do ministro Sérgio Moro, viu mensagens interceptadas no celular de Walter Delgatti Neto, também preso pela Polícia Federal. A informação é do advogado Ariovaldo Moreira, que representa Gustavo e a namorada dele, Suellen Priscila de Oliveira.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

BRASILIA – Gustavo Elias Santos, um dos suspeitos de terem hackeado conversas do ministro Sérgio Moro, viu mensagens interceptadas no celular de Walter Delgatti Neto, também preso pela Polícia Federal. A informação é do advogado Ariovaldo Moreira, que representa Gustavo e a namorada dele, Suellen Priscila de Oliveira.

Segundo ele, o amigo teria mostrado algumas conversas do ex-juiz da Lava-Jato interceptadas no Telegram. O advogado também revelou que o cliente não se lembra se viu as mensagens, antes ou depois do início da divulgação de supostas trocas de mensagens do ministro.

Os investigadores envolvidos no caso afirmam que os suspeitos utilizaram robôs e dispararam mais de 5.616 ligações para os telefones de autoridades, o que facilitaria o acesso às contas do aplicativo de mensagens.

A investigação mostra, também, que os presos hackearam as contas de aproximadamente mil pessoas. Os suspeitos prestam depoimento na Polícia Federal, em Brasília.