ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Sul Fluminense tem a primeira morte por H1N1

12 de junho de 2018

Sul Fluminense tem a primeira morte por H1N1

RIO – A Secretaria de Saúde de Sapucaia confirmou a primeira morte por H1N1 no Sul Fluminense. A vítima é um homem de 45 anos, que morreu no fim de semana, 12 dias depois de começar a sentir os sintomas da gripe.

O homem era morador do bairro São João e estava internado no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Três Rios.

O Hospital Nossa Senhora da Conceição, onde morreu paciente com H1N1. Divulgação Câmara Municipal de Três Rios

RIO – A Secretaria de Saúde de Sapucaia confirmou a primeira morte por H1N1 no Sul Fluminense. A vítima é um homem de 45 anos, que morreu no fim de semana, 12 dias depois de começar a sentir os sintomas da gripe.

O homem era morador do bairro São João e estava internado no Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Três Rios.

E um outro caso da doença foi confirmado em Sapucaia. Segundo a Secretaria de Saúde, uma jovem de 19 anos está internada com os sintomas da H1N1 desde o fim de maio no CTI do mesmo hospital.

A campanha de vacinação contra a gripe H1N1, H3N2 e Influenza B, foi prorrogada em todo o estado do Rio até sexta-feira, dia 15.