ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Subsecretário de Inteligência da PM do Rio é exonerado após operação que prendeu policiais

29 de novembro de 2019

Subsecretário de Inteligência da PM do Rio é exonerado após operação que prendeu policiais

Polícia encontrou dinheiro dentro de um sapto na casa de um dos policiais presos. Reprodução

RIO – O subsecretário de Inteligência da Polícia Militar do Rio de Janeiro, o coronel Rubens Castro Peixoto Júnior, foi exonerado. A medida acontece após a operação que prendeu cinco policiais militares, no início da manhã de hoje (29), acusados de extorsão, concussão, organização criminosa e roubo qualificado.

Segundo a Delegacia de Combate à Pirataria, esses agentes presos fingiam ser policiais civis para inspecionar lojas, extorquir comerciantes e receber propina para não combater a venda de mercadoria pirata. Entre os envolvidos no esquema estão tenentes e até coronéis.

O coronel Murilo Sergio de Miranda Angelotti vai assumir a subsecretaria de inteligência da PM do Rio. Atualmente, ele é o comandante de Policiamento Especializado.

Agentes estiveram em vários pontos da cidade, incluindo o Quartel General da Polícia Militar, no Centro. A operação também visa a cumprir 14 mandados de busca e apreensão.

Nas primeiras horas da operação foram apreendidos cerca de R$ 40 mil, a maior parte escondida dentro de um sapato, uma pistola roubada da Marinha, calças e relógios falsos e três HDs com imagens de circuito interno de lojas.