ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > STJ liberta dupla que agrediu empresário em frente ao Instituto Lula

18 de dezembro de 2018

STJ liberta dupla que agrediu empresário em frente ao Instituto Lula

SÃO PAULO – O Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou soltar o ex-vereador de Diadema Manoel Eduardo Marinho, conhecido como Maninho do PT, e o filho dele, Leandro Eduardo Marinho.

Os dois estavam presos preventivamente desde maio, acusados de agredir o empresário Carlos Alberto Bettoni, de 58 anos, em frente ao Instituto Lula, em São Paulo, no dia 5 de

Fachada do Instituto Lula, em São Paulo. Arquivo Agência Brasil

SÃO PAULO – O Superior Tribunal de Justiça (STJ) mandou soltar o ex-vereador de Diadema Manoel Eduardo Marinho, conhecido como Maninho do PT, e o filho dele, Leandro Eduardo Marinho.

Os dois estavam presos preventivamente desde maio, acusados de agredir o empresário Carlos Alberto Bettoni, de 58 anos, em frente ao Instituto Lula, em São Paulo, no dia 5 de abril. Na ocasião, o empresário tentou fugir dos agressores, foi empurrado e bateu com a cabeça num caminhão que passava. Ele sofreu traumatismo craniano, precisou ser operado e ficou 22 dias internado.

Maninho do PT e o filho, Leandro, foram denunciados pelo Ministério Público por tentativa de homicídio duplamente qualificado, por motivo torpe e meio cruel.

Os dois são apoiadores do ex-presidente Lula.