ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > STF decide manter Lula preso até julgar habeas corpus que questiona postura de Moro

25 de junho de 2019

STF decide manter Lula preso até julgar habeas corpus que questiona postura de Moro

BRASÍLIA – A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu manter Lula preso enquanto não analisa o habeas corpus em que a defesa do ex-presidente questiona a imparcialidade do então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública. Por  3 votos a 2, os ministros rejeitaram uma proposta de Gilmar Mendes para que Lula ficasse em liberdade até a decisão final sobre esse habeas corpus. Ainda não há data para o julgamento, que só deve ocorrer no segundo semestre, em virtude do recesso de julho no Poder Judiciário.

Foto: Agência Brasil/EBC

BRASÍLIA – A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal decidiu manter Lula preso enquanto não analisa o habeas corpus em que a defesa do ex-presidente questiona a imparcialidade do então juiz Sérgio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública.

Por  3 votos a 2, os ministros rejeitaram uma proposta de Gilmar Mendes para que Lula ficasse em liberdade até a decisão final sobre esse habeas corpus. Ainda não há data para o julgamento, que só deve ocorrer no segundo semestre, em virtude do recesso de julho no Poder Judiciário.

Na mesma sessão desta terça-feira (25), os ministros da Segunda Turma do STF negaram,  por 4 votos a 1, outro pedido de habeas corpus que questionava uma decisão do ministro Félix Fischer, relator da Lava-Jato no Superior Tribunal de Justiça.

A defesa de Lula argumentava que Fischer não poderia ter rejeitado, sozinho, um outro recurso que havia sido impetrado pedindo a libertação do ex-presidente.