ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Paraquedista morre durante salto no Rio, e Bolsonaro participa do velório

21 de junho de 2020

Paraquedista morre durante salto no Rio, e Bolsonaro participa do velório

RIO – Um Inquérito Policial Militar foi instaurado para apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente.

Bolsonaro deixou o Palácio da Alvorada antes das 9h e passou pouco mais de duas horas no Rio. Reprodução redes sociais

RIO – Um soldado do Exército morreu após um salto de treinamento da Brigada de Infantaria Paraquedista, no Campo dos Afonsos, na Zona Oeste do Rio.  O acidente aconteceu ontem (20).

O Comando Militar do Leste informou, em nota, que Pedro Lucas Ferreira Chaves, de 19 anos, ficou preso à aeronave e a abertura do paraquedas do militar não ocorreu adequadamente após os procedimentos de emergência. O soldado chegou a ser levado para o hospital da Vila Militar, mas não resistiu.

Um Inquérito Policial Militar foi instaurado para apurar as circunstâncias em que ocorreu o acidente.

O presidente Jair Bolsonaro esteve no Rio de Janeiro, na manhã deste domingo (21), para participar do velório do soldado. O funeral aconteceu no 26º Batalhão de Infantaria Paraquedista, na Vila Militar, e o enterro estava programado para acontecer no Cemitério do Pechincha, em Jacarepaguá. 

O presidente, que foi membro da Brigada de Infantaria Paraquedista em sua carreira no Exército, não falou com os jornalistas presentes e voltou para Brasília logo após a cerimônia.

A assessoria de imprensa de Bolsonaro informou que a viagem não estava na lista de compromissos oficiais do presidente por se tratar de uma agenda pessoal.