ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Sistema de reconhecimento facial falha, e mulher é presa por engano em Copacabana

11 de julho de 2019

Sistema de reconhecimento facial falha, e mulher é presa por engano em Copacabana

RIO – Uma mulher foi presa por engano em Copacabana depois de ter sido confundida pelo sistema de reconhecimento facial da Polícia Militar que está em operação no bairro da Zona Sul do Rio.

Um computador analisa todas as características do rosto das pessoas filmadas pelas câmeras de segurança. Divulgação PMRJ

RIO – Uma mulher foi presa por engano em Copacabana depois de ter sido confundida pelo sistema de reconhecimento facial da Polícia Militar que está em operação no bairro da Zona Sul do Rio.

A mulher, que estava sentada numa calçada da Avenida Nossa Senhora de Copacabana, segurando uma placa de compra de ouro e prata, foi identificada, como sendo Maria Lêda Félix da Silva, condenada por homicídio e procurada pela polícia. A mulher, que estava sem documentos e realmente era parecida com Maria Lêda, foi levada para a delegacia, onde foi constatado o engano após a chegada de parentes com a identidade dela. Mas, na verdade, o sistema errou duas vezes já que a Maria Lêda procurada pela polícia está, na verdade, presa desde 2015.

A Secretaria Estadual de Polícia Militar informou que vai procurar a Secretaria de Polícia Civil para pedir um aperfeiçoamento do banco de dados do sistema de reconhecimento facial.