ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Sérgio Moro vai comandar um ‘superministério da Justiça, diz Bolsonaro

1 de novembro de 2018

Sérgio Moro vai comandar um ‘superministério da Justiça, diz Bolsonaro

RIO – O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou hoje que o juiz Sérgio Moro vai comandar um 'superministério da Justiça'. Em entrevista a emissoras de televisão, Bolsonaro confirmou que Moro também terá nas mãos ‘parte’ do Conselho de Controle de Atividades Financeiras, atualmente vinculado ao Ministério da Fazenda.

Foto: Pedro de Oliveira/ ALEP

RIO – O presidente eleito Jair Bolsonaro afirmou hoje que o juiz Sérgio Moro vai comandar um 'superministério da Justiça'. Em entrevista a emissoras de televisão, Bolsonaro confirmou que Moro também terá nas mãos ‘parte’ do Conselho de Controle de Atividades Financeiras, atualmente vinculado ao Ministério da Fazenda.

A transferência do Coaf para o Ministério da Justiça teria sido um pedido do próprio Sérgio Moro. O juiz da Lava-Jato poderá indicar todo o primeiro escalão da pasta, incluindo o diretor-geral da Polícia Federal. Atualmente, cabe ao Presidente da República apontar o comandante da corporação.

O convite de Bolsonaro a Sérgio Moro foi oficialmente aceito nesta quinta-feira (1º).

O magistrado afirmou que a Operação Lava Jato prosseguirá em Curitiba com os juízes locais. Sérgio Moro anunciou, ainda, que desde já vai se afastar de novas audiências. Ele não vai mais julgar o ex-presidente Lula, a quem iria interrogar no próximo dia 14.

Com o afastamento de Moro dos processos da Lava Jato, a operação deve ser comandada, temporariamente, pela juíza Gabriela Hardt – substituta da 13ª Vara da Justiça Federal do Paraná. Gabriela Hardt não pode assumir em definitivo porque é juíza substituta. A escolha do novo juiz caberá ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região. A partir de segunda-feira (5) serão ouvidos os réus do processo que investiga a compra do sítio de Atibaia, incluindo Lula, no próximo dia 14.