ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Sérgio Moro diz que vai usar modelo da Lava-Jato no Ministério da Justiça contra crime organizado

6 de novembro de 2018

Sérgio Moro diz que vai usar modelo da Lava-Jato no Ministério da Justiça contra crime organizado

CURITIBA – O juiz federal Sérgio Moro disse nesta terça-feira (6), em entrevista coletiva, em Curitiba, que vai usar, no Ministério da Justiça e Segurança Pública, o modelo da Operação Lava Jato para combater o crime organizado. Segundo o magistrado, a ideia é replicar, no Ministério, as forças-tarefas adotadas na Lava-Jato.

Foto: Reprodução Redes Sociais

CURITIBA – O juiz federal Sérgio Moro disse nesta terça-feira (6), em entrevista coletiva, em Curitiba, que vai usar, no Ministério da Justiça e Segurança Pública, o modelo da Operação Lava Jato para combater o crime organizado. Segundo o magistrado, a ideia é replicar, no Ministério, as forças-tarefas adotadas na Lava-Jato.

Na entrevista, Moro também explicou que não aceitou o convite para ser ministro como parte de um "projeto de poder". A declaração foi uma resposta às especulações de que ele usaria o Ministério como trampolim para, no futuro, tornar-se ministro do Supremo Tribunal Federal.

Antes mesmo da primeira pergunta, Sérgio Moro rebateu acusações de que o processo contra o ex-presidente Lula serviu como base para sua estreia na política. Moro disse que não pode pautar a vida dele por um álibi falso de perseguição política. O futuro ministro garantiu que, no cargo, não vai perseguir as pessoas envolvidas da Lava-Jato.

Sérgio Moro admitiu, ainda, que existem divergências entre o que ele e Bolsonaro pensam, mas descartou que isso seja um problema. Para Sérgio Moro, mesmo nas divergências, parece possível se chegar a um meio termo.

O magistrado não entrou em detalhes sobre os temas de discordância entre ele e o presidente eleito.