ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Sérgio Moro manda prender três executivos da construtora Mendes Júnior

14 de agosto de 2018

Sérgio Moro manda prender três executivos da construtora Mendes Júnior

CURITIBA – O juiz Sergio Moro determinou a prisão de três executivos da empreiteira Mendes Junior, condenados por participação em irregularidades em contratos da Petrobras. Sérgio Cunha Mendes pegou 27 anos e dois meses de prisão, Rogério Cunha Pereira, 18 anos e nove meses, e Alberto Elísio Vilaça Gomes, 11 anos e seis meses de cadeia.

O executivo Sérgio Cunha Mendes pegou 27 anos e dois meses de prisão. Divulgação Câmara dos Deputados/Zeca Ribeiro

CURITIBA – O juiz Sergio Moro determinou a prisão de três executivos da empreiteira Mendes Junior, condenados por participação em irregularidades em contratos da Petrobras. Sérgio Cunha Mendes pegou 27 anos e dois meses de prisão, Rogério Cunha Pereira, 18 anos e nove meses, e Alberto Elísio Vilaça Gomes, 11 anos e seis meses de cadeia.

Todos foram condenados por corrupção, lavagem de dinheiro e associação criminosa pelo pagamento de R$ 31,4 milhões em propina intermediada pelo doleiro Alberto Youssef.

No despacho, Moro afirmou que a decisão está de acordo com o Supremo Tribunal Federal (STF), que determina a execução da pena quando terminam os recursos ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região. O recurso já foi julgado, e o TRF-4 determinou o cumprimento da medida.