ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Satélite aponta rastro no mar do Nordeste antes da passagem de navio grego suspeito de vazar óleo

7 de novembro de 2019

Satélite aponta rastro no mar do Nordeste antes da passagem de navio grego suspeito de vazar óleo

Imagens do satélite indicam que já havia mancha dois dias antes de o Bouboulina atravessar a região. Reprodução Lapis/Ufal

ALAGOAS – O  Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélite (Lapis) da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) encontrou uma fotografia de satélite que revela uma mancha em forma de rastro no litoral nordestino 40 km ao Norte de São Miguel do Gostoso, no Rio Grande do Norte.

A trajetória é similar à do petroleiro Bouboulina, apontado como suspeito de vazar o óleo. Só que o rastro escuro, de 85 km de extensão, apareceu antes da passagem do navio grego pela rota.

A mancha surgiu parcialmente numa imagem de 24 de julho, mas o Bouboulina só passou naquela área dois dias depois.

A descoberta sugere que pode haver outro suspeito para o derramamento de óleo no Nordeste.