ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Rosinha Garotinho é condenada por improbidade administrativa

9 de janeiro de 2019

Rosinha Garotinho é condenada por improbidade administrativa

BRASÍLIA / RIO – A ex-governadora do Rio Rosinha Garotinho foi condenada, por improbidade administrativa, à suspensão dos direitos políticos por oito anos, à perda da função pública e ao pagamento de R$ 234 milhões para ressarcimento ao erário, além de multa de R$ 500 mil e mais R$ 2 milhões por danos morais coletivos.

Divulgação Agência Brasil

BRASÍLIA / RIO – A ex-governadora do Rio Rosinha Garotinho foi condenada, por improbidade administrativa, à suspensão dos direitos políticos por oito anos, à perda da função pública e ao pagamento de R$ 234 milhões para ressarcimento ao erário, além de multa de R$ 500 mil e mais R$ 2 milhões por danos morais coletivos.

A decisão foi do Juiz Daniel Schiavoni Miller, titular da 4º Vara da Fazenda Pública, ao acolher ação movida pelo Ministério Público do Rio. Na mesma ação, o ex-governador Anthony Garotinho já havia sido condenado e também se tornou inelegível por 8 anos, em decisão confirmada em 2º instância em julho do ano passado.

O casal foi acusado de envolvimento num esquema que desviou R$ 234,4 milhões da Secretaria Estadual de Saúde entre novembro de 2005 e abril de 2007. Na época, o estado era governado por Rosinha, e Garotinho ocupava o cargo de Secretário de Governo.