ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Roberto Jefferson se entrega após atacar agentes da PF e resistir a ordem de prisão do STF por mais de 8 horas

23 de outubro de 2022

Roberto Jefferson se entrega após atacar agentes da PF e resistir a ordem de prisão do STF por mais de 8 horas

RIO – Ex-deputado fez disparos e usou granada, deixando dois agentes levemente feridos por estilhaços, no estado do Rio.

Valter Campanato/Ag. Brasil

RIO – O ex-deputado Roberto Jefferson se entregou à polícia, na noite deste domingo (23) , depois de resistir por mais de 8 horas a uma ordem de prisão do Supremo Tribunal Federal.

Os policiais federais foram atacados a tiros e com uma granada por Jefferson quando tentavam cumprir o mandado de prisão na cidade de Comendador Levy Gasparian, no estado do Rio. Dois policiais foram levemente feridos pelos estilhaços.

Jeffferson admitiu os disparos, mas negou ter atirado para atingir os agentes. Segundo o ex-deputado, os tiros foram direcionados a um veículo da PF e à área próxima de onde estavam os agentes.

A situação fez com que o presidente Jair Bolsonaro enviasse ao Rio de Janeiro o ministro da Justiça e Segurança Pública,  Anderson Torres, para acompanhar o episódio de perto. O presidente condenou a atitude do ex-deputado.

A nova ordem de prisão contra Jefferson decorreu de ataques feitos por ele à ministra Carmen Lúcia, do STF, quando cumpria prisão domiciliar. Nessa condição, ele não poderia ter usado as redes sociais. Por isso, teve que enfrentar a nova ordem de prisão, emitida pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo.

Agora, Jefferson permanecerá preso novamente em regime fechado.