ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Rio: intervenção faz oito propostas para que BRT se torne viável economicamente

25 de julho de 2019

Rio: intervenção faz oito propostas para que BRT se torne viável economicamente

RIO – O relatório final da intervenção no BRT do Rio apresenta oito propostas para que o sistema se torne sustentável e volte a ser viável economicamente. O documento, que foi divulgado quase seis meses após o início da intervenção no BRT, foi assinado pelo interventor Luiz Salomão e tem 70 e uma páginas.

Divulgação BRT Rio

RIO – O relatório final da intervenção no BRT do Rio apresenta oito propostas para que o sistema se torne sustentável e volte a ser viável economicamente. O documento, que foi divulgado quase seis meses após o início da intervenção no BRT, foi assinado pelo interventor Luiz Salomão e tem 70 e uma páginas.

Entre os pontos apresentados estão a reconstrução da pista do corredor Transoeste, recuperação de estações e reabertura dos pontos da Avenida Cesário de Melo e a substituição gradual da frota por ônibus elétricos. Ainda de acordo com o relatório, 13 estações do BRT não deveriam ser construídas porque passam menos de 500 passageiros por dia, como a estação Embrapa, em Guaratiba, que tem uma média de 54 passageiros por dia.

O interventor também apontou que erros de planejamento na elaboração do modal implicam na superlotação dos ônibus. O corredor Transoeste, por exemplo, teria sido planejado para receber 135 mil passageiros por dia, mas a realidade é de 250 mil usuários. 

Para combater os calotes, o interventor sugeriu que as estações físicas sejam modificadas para dificultar a invasão, propõe a instalação de catracas na saída das estações e também a fiscalização com máquinas, parecidas com as utilizadas pelo VLT, o que já vendo sendo feitos desde o início da semana.

A Secretaria de Transportes ressaltou que um grupo de trabalho vai avaliar o relatório para elaborar um parecer sobre as propostas, que será submetido ao prefeito Marcelo Crivella.