ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Rio entra em estágio de atenção por causa de temporal

26 de novembro de 2018

Rio entra em estágio de atenção por causa de temporal

rio – O Corpo de Bombeiros do Rio foi acionado após o registro de dois deslizamentos de terra, provocados pela forte chuva, nas ruas Jordão e Luís Souto, no Tanque, na Zona Oeste da cidade.  em um dos casos, uma árvore caiu sobre o muro de uma casa, que desabou, e na outra ocorrência, um pedaço de concreto caiu em um imóvel. Ninguém ficou ferido nesses dois casos.

Borges de Medeiros, na Lagoa, foi fechada às 7h. Reprodução/COR

rio – O Corpo de Bombeiros do Rio foi acionado após o registro de dois deslizamentos de terra, provocados pela forte chuva, nas ruas Jordão e Luís Souto, no Tanque, na Zona Oeste da cidade.  em um dos casos, uma árvore caiu sobre o muro de uma casa, que desabou, e na outra ocorrência, um pedaço de concreto caiu em um imóvel. Ninguém ficou ferido nesses dois casos.

A Defesa Civil do Rio está com todos os protocolos de atenção em prática, informando a população, por SMS, sobre os riscos de temporal. Sirenes já foram acionadas em cinco comunidades da cidade: Barão, Comandante Luiz Souto, Ignácio Dias, Chapéu Mangueira/Babilônia e Morro dos Cabritos.

O temporal começou nas zonas Norte e Oeste e, no fim da madrugada, e se deslocou para a zona Sul e o Centro. Por volta das 9h30, a prefeitura do Rio registrava 225 quilômetros de congestionamento por toda a cidade. Num dia comum, nesse mesmo horário, o engarrafamento chega a 60 quilômetros na capital.

Por volta das 10h, os motoristas e pedestres enfrentavam problemas ocasionados por bolsões de água em diversas vias, entre elas as avenidas Armando Lombardi, Voluntários da Pátria e Oswaldo Cruz, em Botafogo. Alagamentos também atrapalharam o trânsito nas avenidas Pasteur, na altura do Instituto Benjamin Constant, na Urca, na Autoestrada Lagoa-Barra, no trecho da Rocinha, e nas ruas Dona Mariana e Jardim Botânico.