ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Raquel Dodge pede ao STF pena de 80 anos para Geddel

9 de janeiro de 2019

Raquel Dodge pede ao STF pena de 80 anos para Geddel

BRASÍLIA – A Procuradora-geral da República enviou ao Supremo Tribunal Federal as alegações finais da ação penal sobre os R$ 51 milhões encontrados em um apartamento atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima em Salvador.

Raquel Dodge quer que Geddel seja condenado a 80 anos de prisão. Para o deputado federal Lúci

Foto: Agência Brasil

BRASÍLIA – A Procuradora-geral da República enviou ao Supremo Tribunal Federal as alegações finais da ação penal sobre os R$ 51 milhões encontrados em um apartamento atribuído ao ex-ministro Geddel Vieira Lima em Salvador.

Raquel Dodge quer que Geddel seja condenado a 80 anos de prisão. Para o deputado federal Lúcio Vieira Lima, irmão de Geddel, a Procuradora-geral pediu 48 anos e seis meses de prisão. Já para o empresário Luiz Fernando Machado Costa Silva a pena sugerida foi de 26 anos. Raquel Dodge pediu que seja concedido perdão judicial a Job Ribeiro Brandão, ex-assessor da família Vieira Lima, devido à colaboração dele com a Justiça. Nas alegações finais, a procuradora-geral defende, ainda, que Geddel continue preso preventivamente.

A mãe dos irmãos Vieira Lima também era ré na mesma ação. Mas em novembro do ano passado, o relator, Edson Fachin, enviou a parte referente a Marluce Vieira Lima à 10ª Vara Federal em Brasília.