ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Cremerj vai abrir sindicância para apurar se houve regalia no atendimento à mãe do prefeito do Rio em hospital municipal

19 de fevereiro de 2018

Cremerj vai abrir sindicância para apurar se houve regalia no atendimento à mãe do prefeito do Rio em hospital municipal

RIO – O presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj), Nelson Nahon, disse que o Cremerj vai abrir uma sindicância hoje (19) para apurar se houve algum tipo de privilégio no atendimento à mãe do prefeito Marcelo Crivella no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, Zona Norte da cidade. Éris Bezerra Crivella foi operada de urgência, no fim de semana, com uma fratura no punho esquerdo.

A direç&ati

Reprodução Facebook

RIO – O presidente do Conselho Regional de Medicina do Rio (Cremerj), Nelson Nahon, disse que o Cremerj vai abrir uma sindicância hoje (19) para apurar se houve algum tipo de privilégio no atendimento à mãe do prefeito Marcelo Crivella no Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier, Zona Norte da cidade. Éris Bezerra Crivella foi operada de urgência, no fim de semana, com uma fratura no punho esquerdo.

A direção da unidade esclareceu que o caso dela foi tratado como cirurgia de urgência porque toda fratura articular desviada em pacientes idosos exige intervenção rápida.

A cirurgia da mãe do prefeito no Hospital Salgado Filho causou revolta em pessoas que estão internadas na unidade hospitalar porque, de acordo com acompanhantes de alguns pacientes, Éris Bezerra Crivella recebeu tratamento diferenciado. No entanto, a Secretaria Municipal de Saúde negou qualquer regalia e informou que a operação teve o acompanhamento do subsecretário municipal de Saúde, João Berchmans, na condição de amigo da família.

A Defensoria Pública informou que vai apurar se houve privilégio no atendimento à mãe do prefeito do Rio no Hospital Municipal Salgado Filho. 

Leia mais:
Flamengo bate o Boavista por 2 a 0 e conquista a Taça Guanabara