ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Psol cobra investigação rigorosa sobre morte de miliciano carioca na Bahia

10 de fevereiro de 2020

Psol cobra investigação rigorosa sobre morte de miliciano carioca na Bahia

RIO – O partido considera o miliciano peça-chave para se chegar aos mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Divulgação Defesa Civil

RIO – O Psol divulgou nota em que cobra a investigação das circunstâncias da morte do ex-capitão do Bope Adriano Magalhães da Nóbrega. O partido considera o miliciano peça-chave para se chegar aos mandantes do assassinato da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), o ex-capitão do Bope do Rio foi morto durante um tiroteio com a polícia baiana no município de Esplanada. O ex-militar era um dos criminosos mais procurados do Rio, inclusive com alerta vermelho da Interpol.

Adriano da Nóbrega era acusado de chefiar um grupo de matadores de aluguel, conhecido como ‘Escritório do crime’, e alvo da Operação Intocáveis, do Ministério Público do Rio, que investiga a milícia do Rio das Pedras.