ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Professora da UNB denuncia ameaças de morte após ser convocada para debates sobre aborto no Supremo

18 de julho de 2018

Professora da UNB denuncia ameaças de morte após ser convocada para debates sobre aborto no Supremo

BRASÍLIA – Defensora da descriminalização do aborto, a professora de direito da Universidade de Brasília Debora Diniz denunciou que passou a receber ameaças pela internet, depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) começou a convocar líderes de entidades para a audiência pública que vai discutir a questão. As sessões estão marcadas para os dias 3 e 6 d

A professora de direito da Universidade de Brasília, Debora Diniz. Reprodução redes sociais

BRASÍLIA – Defensora da descriminalização do aborto, a professora de direito da Universidade de Brasília Debora Diniz denunciou que passou a receber ameaças pela internet, depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) começou a convocar líderes de entidades para a audiência pública que vai discutir a questão. As sessões estão marcadas para os dias 3 e 6 de agosto.

Débora Diniz foi consultora do PSOL na elaboração da ação que pede ao STF a descriminalização do aborto até 12ª semana de gestação. A professora contou que chegou a receber até ameaças de morte por causa das posições dela com relação ao aborto.

Após os ataques, Débora registrou Boletim de Ocorrência na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher, do Distrito Federal.