06 de dezembro de 2018

Privatização dos Correios não está prevista no momento, diz futuro ministro da Ciência e Tecnologia

Privatização dos Correios não está prevista no momento, diz futuro ministro da Ciência e Tecnologia

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

BRASÍLIA - A privatização dos Correios não está prevista, no momento. Foi o que afirmou o futuro ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. A empresa ficará sob responsabilidade da pasta que será comandada pelo ex-astronauta no governo de Jair Bolsonaro.

Dias antes do 2º turno das eleições, Bolsonaro havia afirmado que os Correios tinham grande chance de entrar em um programa de privatizações porque, segundo ele, o fundo de pensão da estatal teria sido ‘implodido pela administração petista’.

Marcos Pontes também confirmou que a área de ensino superior ficará mesmo no Ministério da Educação, e não na pasta que será comandada por ele, como chegou a ser cogitado no início da transição.