ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Presidente do TRF-4 mantém Lula preso, após guerra de decisões judiciais

8 de julho de 2018

Presidente do TRF-4 mantém Lula preso, após guerra de decisões judiciais

PORTO ALEGRE – O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região,  em Porto Alegre, desembargador Thompson Flores, decidiu manter preso o ex-presidente Lula. Thompson Flores afirmou que o caso é de competência do relator do processo, João Pedro Gebran Neto, e não do desembargador de plantão Rogério Favreto, que havia concedido habeas corpus pedido pela defesa de Lula.

Foto: Agência Brasil - EBC

PORTO ALEGRE – O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região,  em Porto Alegre, desembargador Thompson Flores, decidiu manter preso o ex-presidente Lula. Thompson Flores afirmou que o caso é de competência do relator do processo, João Pedro Gebran Neto, e não do desembargador de plantão Rogério Favreto, que havia concedido habeas corpus pedido pela defesa de Lula.

O habeas corpus chegou a ser cancelado pelo relator, Gebran Neto. Mas Favreto contra-atacou e voltou a determinar a soltura do petista, desta vez estabelecendo prazo de uma hora, até as 17h12 deste domingo.

Diante do imbróglio, o presidente do TRF-4, Thompson Flores, acabou dando a palavra final. O desembargador justificou que a pré-candidatura de Lula não é um fato novo que justificasse a libertação do petista, como havia argumentado o magistrado plantonista, Rogério Favreto, quando concedeu o habeas corpus ao ex-presidente.