ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Presidente do BNDES pede demissão após Bolsonaro afirmar que ele estava com a “cabeça a prêmio”

16 de junho de 2019

Presidente do BNDES pede demissão após Bolsonaro afirmar que ele estava com a “cabeça a prêmio”

BRASÍLIA – O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, pediu demissão do cargo neste domingo (16). A solicitação foi feita através de uma carta enviada ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

Joaquim Levy pediu demissão do cargo de presidente do BNDES neste domingo (16). Agência Brasil / Antonio Cruz

BRASÍLIA – O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, pediu demissão do cargo neste domingo (16). A solicitação foi feita através de uma carta enviada ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

Na mensagem, Levy desejou sucesso nas reformas e agradeceu pela lealdade, dedicação e determinação da diretoria do banco, além dos funcionários da instituição.

Ontem (15), o presidente Jair Bolsonaro disse que Levy estava com a “cabeça a prêmio”. Segundo a Agência Brasil, o motivo do descontentamento foi a nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor de Mercado de Capitais do BNDES, responsável pelos investimentos do BNDESPar, braço de participações acionárias do banco de fomento, que administra carteira superior a R$ 100 bilhões.

Entre os nomes mais cotados para assumir a presidência do BNDES estão o de Solange Vieira, atual superintendente da Susep (Superintendência de Seguros Privados); Salim Mattar, secretário de privatizações; Carlos da Costa, secretário de produtividade e emprego; e Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central e presidente do Conselho de Administração do BNDES.