ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Presidente da Petrobras classifica vazamento de óleo nos praias do Nordeste como a maior agressão ambiental do país

30 de outubro de 2019

Presidente da Petrobras classifica vazamento de óleo nos praias do Nordeste como a maior agressão ambiental do país

BRASÍLIA – O Ministério da Agricultura proibiu a pesca de lagosta e camarão em áreas atingidas pelo vazamento de óleo no Nordeste.

Reprodução Internet

BRASÍLIA – O Ministério da Agricultura proibiu a pesca de lagosta e camarão em áreas atingidas pelo vazamento de óleo no Nordeste. A instrução normativa publicada pela pasta estabelece que os pescadores poderão receber até  duas parcelas extras do seguro-defeso.

Trata-se de um auxílio correspondente a um salário mínimo pago em período de paralisação das atividades.

Ontem (29), o presidente da Petrobras classificou o vazamento de petróleo nas praias do Nordeste como “a maior agressão ambiental sofrida na história do país”. Roberto Castello Branco comparou o episódio à tragédia no Golfo do México em 2010. Na ocasião, um vazamento da petroleira britânica BP despejou quase 5 bilhões de barris no oceano.