ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Prefeitura do Rio lança pacote de ações ambientais

5 de junho de 2021

Prefeitura do Rio lança pacote de ações ambientais

RIO – O lançamento foi realizado neste sábado (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, no Museu do Amanhã.

Reprodução redes sociais / Eduardo Paes

RIO – A Prefeitura do Rio anunciou um pacote de ações ambientais para melhorias até 2030, com plano de desenvolvimento sustentável e ação climática. O lançamento foi realizado neste sábado (5), Dia Mundial do Meio Ambiente, no Museu do Amanhã.

O programa inclui um pacote climático que abrange um plano de desenvolvimento sustentável, um fórum de governança para acompanhamento das metas e a realização da conferência Rio+30 Cidades. O evento está previsto para março do ano que vem com representantes de várias cidades do mundo para discutir o futuro sustentável e verde.

Ao todo, são mais de 100 metas a serem cumpridas nos próximos anos. Entre elas estão reduzir em 20% as emissões de gases de efeito estufa em relação a 2017, zerar o número de pessoas morando em áreas de alto risco de inundações e aumentar para 35% a reciclagem de resíduos secos, como vidro, papel, plástico e metal.

A Prefeitura do Rio divulgou, logo após o lançamento, que as principais metas do Plano de Desenvolvimento Sustentável até 2030 são:

  • Alcançar 40% de empregos verdes formais na cidade;
  • Reduzir em 20% as emissões de gases de efeito estufa em relação à 2017;
  • Reduzir 50% do consumo de eletricidade na iluminação pública até 2030, por meio de tecnologia LED;
  • Ampliar as rotas de coleta seletiva para 100% dos bairros;
  • Investimentos mínimos de 350 milhões de reais ao ano para o desenvolvimento sustentável da cidade e a implantação de projetos até 2030;
  • Construir soluções baseadas na natureza para os desafios do espaço urbano: revitalização de 300km de vias e espaços públicos, com drenagem urbana sustentável e ampla arborização;
  • Nenhuma pessoa morando em áreas de alto risco de inundações e movimentos de massa nas áreas mapeadas e identificadas pela Prefeitura do Rio;
  • Reduzir em 50% o déficit e a inadequação habitacional na Cidade do Rio de Janeiro;
  • Duplicar a produção de alimentos por meio do programa Hortas Cariocas, garantindo segurança alimentar, renda verde e educação ambiental nos territórios que mais precisam;
  • Reduzir em 50% o volume de perda e desperdício de alimentos até 2030;
  • Aumentar em 20% a área destinada à produção agrícola;
  • Alcançar 80% do encaminhamento de resíduos orgânicos de alimentos, produzidos por atividades de grandes geradores para centrais de valorização (compostagem e/ou biodigestão);
  • Legalizar 100% das cooperativas de reciclagem integrando agentes à economia circular;
  • Aumentar para 90% a taxa de cobertura da rede coletora de esgoto com tratamento até 2030;
  • Manter os 3.400 hectares reflorestados e consolidar mais 1.206 hectares de Mata Atlântica no Rio de Janeiro;
  • Elaborar plano de ação para 100% das espécies da fauna e flora ameaçadas de extinção no município, visando adoção de estratégias para mitigação ou supressão das ameaças de perda da diversidade biológica terrestre e marinha;

Até 2050:

  • Neutralizar as emissões de gases do efeito estufa;
  • Eletrificar 100% da frota de ônibus municipal.