ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Prefeitura do Rio decreta luto de três dias na cidade por mortes no incêndio no Hospital Badim

13 de setembro de 2019

Prefeitura do Rio decreta luto de três dias na cidade por mortes no incêndio no Hospital Badim

RIO – A prefeitura do Rio decretou luto de três dias na cidade por causa do incêndio que atingiu o Hospital Badim, na Rua São Francisco Xavier, no Maracanã, na Zona Norte. O último balanço oficial indica que 11 pacientes morreram e 90 foram transferidos para outras unidades hospitalares.

Hospital Badim fica na Rua São Francisco Xavier, no Maracanã, na Zona Norte do Rio. Agência Brasil / Fernando Frazão

RIO – A prefeitura do Rio decretou luto de três dias na cidade pelas mortes no incêndio que atingiu o Hospital Badim, na Rua São Francisco Xavier, no Maracanã, na Zona Norte. O último balanço oficial indicava que 11 pacientes morreram e 90 foram transferidos para outras unidades hospitalares. Mas no começo da tarde desta sexta-feira (13), a Polícia Civil informou que são 10 os corpos no Instituto Médico Legal 

O prefeito esteve no hospital pela manhã e falou com os jornalistas que estão cobrindo essa tragédia. Marcelo Crivella não descartou a possibilidade de sabotagem no incêndio. No entanto, o titular da Delegacia da Praça da Bandeira, que apura as causas do incêndio, Roberto Ramos, disse aos jornalistas que outras possibilidades já estão sendo investigadas.

Segundo dados preliminares, o fogo começou em um gerador no subsolo do prédio antigo, construído há 19 anos. Outro prédio foi inaugurado ano passado. 

Com a reforma, o complexo passou a ter, então, quase 16 mil metros quadrados de área construída. Eram 128 leitos de internação, 32 leitos na UTI, centro cirúrgico com 5 salas, uma sala de hemodinâmica e 11 leitos de unidade cardiointensiva. 

A Polícia Civil já instaurou um inquérito para investigar o que causou o fogo.

O Hospital Badim disponibilizou um número de WhatsApp e um e-mail  para quem busca informações sobre  pacientes que foram os transferidos para outras unidades. O número do celular é (021) 97101-3961, e o e-mail é [email protected]