ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Portugal adota novas regras para conceder a cidadania do país a descendentes de portugueses e cônjuges

16 de maio de 2022

Portugal adota novas regras para conceder a cidadania do país a descendentes de portugueses e cônjuges

Reprodução Consulado de Portugal

LISBOA (agências internacionais) – Portugal passou a adotar novas regras para conceder a cidadania do país a descendentes de portugueses e cônjuges. Agora para ser beneficiado é preciso pertencer a pelo menos um dos 10 grupos determinados pelo governo português, como filhos ou netos de portugueses e bisnetos de portugueses que tenham antepassados vivos e com cidadania. 

Também poderão ser beneficiadas pessoas que moram legalmente em Portugal há mais de 5 anos, pessoas que nasceram no país, mas são filhas de estrangeiros e pessoas que prestaram serviços relevantes a Portugal.  

O objetivo da mudança é dar mais importância aos laços com o país do que aos vínculos de sangue.

Confira abaixo as novas regras do governo de Portugal para conceder a cidadania do país a descendentes de portugueses e cônjuges. Para ser beneficiado é preciso pertencer a alguma dessas categorias:

– Filhos de portugueses;
– Netos de portugueses;
– Bisnetos de portugueses que tenham antepassados vivos e com cidadania;
– Cônjuges de portugueses;
– Judeus sefarditas;
– Pessoas que moram legalmente em Portugal há mais de 5 anos;
– Pessoas que nasceram em Portugal, mas são filhas de estrangeiros;
– Pessoas que já tiveram a cidadania, mas perderam;
Filhos adotivos de portugueses;
– Pessoas que prestaram serviços relevantes a Portugal;
– A nova lei entrou em vigor já com um novo sistema, eletrônico.