ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Policial preso investigava e, ao mesmo tempo, ajudava milícia, no RJ

30 de janeiro de 2020

Policial preso investigava e, ao mesmo tempo, ajudava milícia, no RJ

Foto: Reprodução Internet

RIO – O policial civil Jorge Luiz Camillo Alves, preso nesta quinta-feira (30), investigava e, ao mesmo tempo, ajudava uma das mais violentas milícias que atuam na Zona Oeste do Rio.

Chefe do setor de investigações da 16ª Delegacia, na Barra da Tijuca, ele comandava o trabalho de apuração das construções irregulares na Muzema, comunidade dominada por uma milícia, que lucrava com a construção ilegal de imóveis e empreendimentos comerciais na região. Esse é o mesmo grupo criminoso a que o policial dá apoio, segundo o Ministério Público.

Camilo tinha relações próximas com Ronnie Lessa, acusado de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista dela Anderson Gomes. O MP teve acesso a conversas entre os dois, e Ronnie tratava o policial como o ‘Amigo da 16’.