15 de março de 2019

Polícia pede apreensão de terceiro jovem suspeito de ajudar a planejar o massacre de Suzano

Polícia pede apreensão de terceiro jovem suspeito de ajudar a planejar o massacre de Suzano

Imagem capturada da entrada da Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano. Reprodução

SUZANO - A polícia pediu à justiça a apreensão de um adolescente de 17 anos que pode ter ajudado a planejar o massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo.

O delegado-geral da Polícia Civil, Ruy Ferraz Fontes, disse que o adolescente acompanhou pelo menos três vezes os atiradores Guilherme Taucci e Luiz Henrique Castro ao estacionamento onde eles deixavam o carro usado no crime.

A polícia descobriu que, por pelo menos dez dias, os jovens deixaram o veículo parado no local, aonde iam de duas a três vezes por dia e ficavam até tarde dentro do carro. Algumas vezes, eles levavam mochilas e sacolas.

Nesse período, pediram autorização a um dos donos do estacionamento, Éder Alves, para deixar o carro na vaga mais ao fundo e distante da visão da guarita do estacionamento e da rua.