ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Polícia faz operações no Camelódromo da Uruguaiana e para desarticular quadrilha que atua na Baixada Fluminense

15 de maio de 2018

Polícia faz operações no Camelódromo da Uruguaiana e para desarticular quadrilha que atua na Baixada Fluminense

RIO – A Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado, da Secretaria de Segurança, já prendeu quatro pessoas em uma operação realizada no Camelódromo da Uruguaiana, no Centro do Rio.

O presidente, o vice-presidente, o chefe da segurança e outros dois integrantes do centro comercial da Uruguaiana são suspeitos de cometer u

Reprodução Google Maps

RIO – A Delegacia de Repressão e Combate ao Crime Organizado, da Secretaria de Segurança, já prendeu quatro pessoas em uma operação realizada no Camelódromo da Uruguaiana, no Centro do Rio.

O presidente, o vice-presidente, o chefe da segurança e outros dois integrantes do centro comercial da Uruguaiana são suspeitos de cometer uma série de irregularidades na administração do camelódromo como extorsão, venda de boxes por permissionários e venda e locação de espaços públicos.

Os agentes verificam ainda denúncias da existência de uma milícia instalada no local.

E policiais da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod) deflagraram, hoje (15) cedo, uma operação para desarticular uma quadrilha de traficantes e ladrões de motos e cargas que atua na Baixada Fluminense.

A ação acontece nos municípios de Magé, Belford Roxo, Duque de Caxias e São João de Meriti, na Baixada, e também na capital. De acordo com o primeiro balanço parcial, 14 pessoas já foram presas.

A operação é um desdobramento do inquérito que investiga uma organização criminosa ligada a traficantes das comunidades Parque União e Nova Holanda, no Complexo da Maré, na Zona Norte do Rio.