ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Homem é preso por pintar feijão fradinho para vender como feijão de corda

13 de setembro de 2022

Homem é preso por pintar feijão fradinho para vender como feijão de corda

RIO – O homem contou que aprendeu a praticar a fraude em São Paulo e decidiu importar o “negócio” para o Rio de Janeiro há um ano.

Divulgação

RIO – A Polícia do Rio prendeu um homem de 43 anos por pintar feijões fradinho para vender como se fossem feijões de corda. O homem, que não teve a identidade divulgada, é natural do Rio Grande do Sul e vendia o produto em feiras em Vilar dos Teles, em São João de Meriti, e em Neves, em São Gonçalo.

Segundo a polícia, após pesquisa de mercado, foi verificado que o preço médio do feijão fradinho custa R$ 6,50 e o do feijão de corda, R$ 27,50.

O homem foi localizado após uma denúncia anônima. A produção clandestina de feijões pintados acontecia num imóvel na Rua Visconde da Gávea, na Zona Portuária do Rio. 

De acordo com a polícia, o homem afirmou que aprendeu a praticar a fraude em São Paulo e decidiu importar o “negócio” para o Rio de Janeiro há um ano. O homem foi preso por crime contra as relações de consumo.