ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Polícia do Rio identifica suspeito de participar de ataque a tiros contra deputada Martha Rocha

14 de janeiro de 2019

Polícia do Rio identifica suspeito de participar de ataque a tiros contra deputada Martha Rocha

RIO – A investigação sobre o ataque a tiros à deputada estadual do Rio Martha Rocha já chegou a um nome suspeito. A informação é do diretor do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa, Antônio Ricardo Lima Nunes.

A identificação não foi divulgada, para não atrapa

Deputada Martha Rocha. Agência Brasil/ Braga Netto Tomaz Silva

RIO – A investigação sobre o ataque a tiros à deputada estadual do Rio Martha Rocha já chegou a um nome suspeito. A informação é do diretor do Departamento Geral de Homicídios e Proteção à Pessoa, Antônio Ricardo Lima Nunes.

A identificação não foi divulgada, para não atrapalhar a investigação, mas já há uma ordem de prisão contra esse suspeito, que seria da região do Complexo da Penha. O carro da parlamentar foi alvejado na Rua Belisário Pena, na Penha, ontem (13) pela manhã. Os disparos foram feitos por um homem encapuzado, armado com fuzil, que estava em outro veículo.  A deputada Martha Rocha saiu ilesa, mas o motorista dela foi baleado numa das pernas e chegou a ser atendido no Hospital Getúlio Vargas.

Em depoimento na Delegacia de Homicídios, Martha Rocha revelou que foi alertada em novembro do ano passado que ela seria um dos alvos de milicianos que ameaçam autoridades do estado. Nessa época, a parlamentar, que é a primeira e única mulher a ser chefe de polícia no Rio, comprou um veículo blindado, que, por sinal, era o que estava sendo usado ontem (13).

O governador Wilson Witzel afirmou que a linha inicial de investigação da polícia é a de tentativa de latrocínio, mas ele acrescentou que a possibilidade de um atentado à vida da deputada não está descartada.