ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Polícia Civil fará coleta de DNA para tentar identificar desaparecidos no RJ

13 de junho de 2021

Polícia Civil fará coleta de DNA para tentar identificar desaparecidos no RJ

RIO – Campanha vai até 18 de junho. Podem participar pais, filhos e irmãos de desaparecidos.

Tânia Rêgo/Agência Brasil

RIO – A Secretaria de Polícia Civil do Rio inicia nesta segunda-feira (14) um mutirão para coleta de DNA de parentes de pessoas desaparecidas. A expectativa é mais que dobrar as amostras do banco de perfis genéticos do estado que hoje reúne cerca de 1,3 mil amostras do tipo.

O trabalho faz parte de uma campanha do Ministério da Justiça e Segurança Pública para incrementar os bancos de DNA de todo o Brasil com amostras de familiares de pessoas desaparecidas. Podem participar da campanha pais, filhos e irmãos de desaparecidos.

As coletas serão feitas até o dia 18 de junho, das 9h às 17h, em 13 postos distribuídos por todo o estado. O material é coletado da parte interna das bochechas com um suporte contendo uma pequena esponja, semelhante a um cotonete. O processo é indolor.

A Secretaria de Polícia Civil explicou que o trabalho vai seguir todos os protocolos de segurança contra a Covid-19.