ouça
ao vivo

botão de play

Tocando agora

...

...

Home > Notícias > Polícia apura nova denúncia de racismo envolvendo alunos da PUC-Rio

22 de novembro de 2018

Polícia apura nova denúncia de racismo envolvendo alunos da PUC-Rio

RIO – A Polícia Civil do Rio está investigando um caso de racismo envolvendo estudantes da Pontifícia Universidade Católica (PUC) em uma competição esportiva em Vassouras, no Sul Fluminense. Depoimentos prestados na delegacia da cidade relatam que uma atleta da equipe de handebol feminino dos cursos de Administração e Economia da PUC insultou com palavras racistas uma jogadora do time da Universi

Reprodução redes sociais

RIO – A Polícia Civil do Rio está investigando um caso de racismo envolvendo estudantes da Pontifícia Universidade Católica (PUC) em uma competição esportiva em Vassouras, no Sul Fluminense. Depoimentos prestados na delegacia da cidade relatam que uma atleta da equipe de handebol feminino dos cursos de Administração e Economia da PUC insultou com palavras racistas uma jogadora do time da Universidade Federal Fluminense (UFF) durante uma partida da Supercopa Universitária, na última sexta-feira (16).

O juiz parou o jogo e relatou à organização do evento a ofensa de cunho racial. Houve uma reunião entre os organizadores da Supercopa Universitária e os representantes das duas equipes, e o time de handebol feminino da PUC foi expulso da disputa esportiva.

Em entrevista ao portal de notícias G1, a estudante agredida, que não teve a identidade revelada, confirmou as ofensas durante uma dividida de bola e contou que se sentiu constrangida.

A organização da Supercopa Universitária confirmou ao G1 a expulsão da atleta da PUC devido a uma atitude racista durante a competição. 

Em uma publicação no Facebook, a Atlética de Economia PUC-Rio confirmou que uma aluna da universidade xingou uma atleta da UFF, mas o xingamento não foi com nenhuma expressão de cunho racista, segundo a nota.

Em junho deste ano, a Liga Jurídica Estadual do Rio de Janeiro puniu a Atlética de Direito da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) depois de denúncias de racismo envolvendo alunos da faculdade de direito durante os Jogos Jurídicos Estaduais de 2018 ,em Petrópolis, na Região Serrana do Rio. Na ocasião, a torcida da PUC-Rio teria atirado cascas de banana contra um aluno negro. Três episódios foram denunciados envolvendo alunos que fariam parte da torcida da Pontifícia Universidade Católica do Rio. Na época, a Polícia Civil  concluiu que não houve ato racista na competição.