Polícia apreende menor suspeito de ajudar a planejar massacre na Escola Raul Brasil

Agência Brasil/ Rovena Rosa

SUZANO – A polícia de São Paulo apreendeu, hoje (19), pela manhã, o adolescente de 17 anos suspeito de ajudar a planejar o ataque que terminou com 10 mortos e deixou vários feridos na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na semana passada.

A justiça decidiu pela internação provisória do menor por 45 dias, podendo prorrogar o prazo dependendo do depoimento dele e de laudos de sanidade, entre outros fatores. O adolescente chegou a se apresentar à justiça um dia depois do massacre, mas foi liberado após negar participação no ataque. 

Na investigação, a polícia analisou os celulares dele e dos dois assassinos, e os três aparelhos têm conversas claras sobre o planejamento das mortes.